Semear o seu relvado

Faça-o bem da primeira vez: semeando o seu relvado

Um relvado bonito não se pode desenvolver num solo pobre. Nenhuma relva crescerá em entulho de um edifício com uma cobertura de barro de elevada acidez, enquanto as incómodas infestantes florescerão. Os solos argilosos e os barros devem ser misturados com areia e turfa e deixar secar. Os relvados não gostam de raízes molhadas e os encharcamentos também promovem o crescimento de musgo. Excessivas quantidades de areia secam o solo, portanto deve-se melhorar a retenção de água através da adição de turfa e composto. Se o solo for demasiado ácido, ou seja, se tiver valores de pH inferiores a 5.5, deve acrescentar-se calcário. Isto também previne a formação de musgo.

Passo 1 de 6: Descompactação do solo

Descompactar áreas compactas, utilizando idealmente um escarificador ou um cultivador. Retire as pedras e as raízes. Se necessário, adicione areia ou turfa e misture grosseiramente.

Passo 2 de 6: Re-compactação

Deve deixar que o solo se consolide durante algum tempo. Esta re-compactação pode ser acelerada utilizando um rolo leve no solo seco para evitar subsequentes afundamentos e irregularidades.

Passo 3 de 6: Nivelamento

As áreas irregulares devem ser niveladas utilizando um ancinho. O solo deve ser finamente destorroado de forma a que a semente da relva possa germinar.

Passo 4 de 6: Espalhamento

Espalhe a semente de relva e o fertilizante regularmente utilizando um espalhador ou cuidadosamente à mão. É melhor semear escassamente do que em demasia, aprox. 15 a 20 g/m². As plantas de relva semeadas muito densamente competem entre si impedindo-as de crescer.

Passo 5 de 6: "Enterramento"

A semente uniformemente espalhada deve ser ligeiramente enterrada no solo a uma profundidade máxima de 1 cm utilizando um rolo dentado ou um destorroador.

Passo 6 de 6: Rega

As várias relvas na mistura de sementes germinam de forma diferente. O azevém germina numa semana, a festuca-vermelha demora duas semanas e a relva dos prados cerca de três. A camada arável deve portanto ser sempre mantida húmida utilizando água finamente pulverizada e pequenas gotas de água de forma a que os sensíveis rebentos de relva não fiquem secos.

Dica útil:

Evite pisar os relvados novos durante o maior tempo possível. Corte-os com frequências alternadas no início e regue-os sempre generosamente.

Para iniciar a animação precisa de
um Flash-Player, que pode ser
instalado através de download
gratuito.