Cuidados do relvado na primavera

Na primavera, a jardinagem recomeça – incluindo os cuidados do relvado. O nosso guia indica o que é necessário para o tratamento benéfico do relvado na primavera.

Uma mulher a retirar erva cortada do seu espaço verde com um ancinho

Tratamento da relva na nova estação começa com a remoção de resíduos

Em jardinagem, a primavera significa a chegada de um novo ano. Quando o tempo começa a aquecer, sabe que está na altura de recomeçar a calendarizar os cuidados com a relva na primavera – afinal, esse longo período de inatividade durante a estação fria significa que o seu relvado ficou com fome! Mas antes de o poder fertilizar, precisa de ser limpo. Isso significa juntar com o ancinho todas as folhas e galhos partidos que se acumularam no relvado desde a última limpeza. A quantidade de cuidados a ter na manutenção de relvados  na primavera também depende do estado da relva: há musgo ou palha de relva (thatch)? Tem muita erva morta? Nesse caso, pode não ser suficiente cortar a relva antes da nutrição do relvado na primavera – também poderá ter de o escarificar.

Como posso fazer com que o meu relvado fique com um ótimo aspeto?

O primeiro passo do tratamento da relva para conseguir um relvado saudável é fazer uma remoção cuidada de resíduos como parte da preparação de primavera. As folhas e os galhos podem ser removidos com um ancinho – ou, para despachar o trabalho num instante, com um aspirador STIHL. Repare todos os danos no relvado causados pelo tempo frio, nutra o relvado com fertilizante para relva e repovoe as peladas mediante sementeira para rebentos novos.

Nivelar o solo irregular

Depois de eliminados os galhos e as folhas, o próximo passo é alisar qualquer tipo de irregularidade no terreno – uma tarefa simples de tratamento da relva que requer apenas uma pá ou um ancinho. Destorroe o solo nas áreas mais altas e espalhe-o pelo relvado; a relva vai voltar a crescer nas peladas em algumas semanas. Em alternativa, pode repovoar as peladas mediante sementeira para uma relva nova, se não quiser correr riscos.

Uma mulher a tirar terra de um carrinho de mão para um relvado para nivelar áreas irregulares

Sopradores de mão e biotrituradores para espaços verdes STIHL

Limpar o seu espaço verde e espaços exteriores de forma rápida e eficiente com potentes sopradores e aspiradores/picadores da STIHL. Os fortes ventos de outono podem ter posto tudo de pantanas lá fora, mas pode voltar a pôr tudo em ordem em pouco tempo com apenas um pouco de cuidados básicos do relvado na primavera: passar o ancinho, aspirar e triturar.

Saiba mais sobre sopradores de mão e aspiradores/picadores.

Nutrição do relvado na primavera

Se não tiver aplicado mulch no relvado de forma consistente ao longo do ano anterior como etapa de manutenção do relvado, é provável que este sofra de falta de nutrientes e, por isso, beneficiará de uma nutrição de primavera. A fertilização na primavera faz parte de um bom tratamento do relvado e ajuda a relva a crescer forte, saudável e viçosa. Fertilizar a relva duas vezes por ano costuma ser suficiente – uma na primavera e outra no final do verão, embora também se possa optar por uma ronda adicional de fertilização entre essas nutrições, talvez em junho. Os fertilizantes para relva orgânicos e minerais estão disponíveis em forma líquida, granular e solúvel em qualquer centro de jardinagem ou loja de bricolage, e encontrará até fertilizantes especiais de primavera, formulados para ajudar a relva a regenerar-se precocemente e fortalecer as suas raízes enfraquecidas. Esta também é uma excelente altura para repovoar as peladas mediante sementeira, uma vez que o fertilizante irá suportar a nova relva assim que germinar – embora recomendemos que areje e/ou escarifique primeiro para obter os melhores resultados.

Fertilize o seu relvado para combater o musgo

O musgo é uma planta indicadora dos níveis de azoto, pelo que se espalhará rapidamente pelo relvado se o solo tiver este nutriente em pouca quantidade, em particular. Os relvados bem fertilizados suprimem o musgo através de um crescimento vigoroso da relva, razão pela qual incluir uma nutrição de primavera no seu calendário de cuidados do relvado é um excelente método a longo prazo para controlar o musgo. No entanto, se se tratar de um relvado que tenha sido negligenciado ao ponto de o musgo ter ultrapassado quase completamente a relva, a primeira fase do tratamento do relvado na primavera consiste em atacar o musgo escarificando o relvado, e depois começar a fertilizá-lo regularmente.

Cuidados do relvado na primavera: dicas de nutrição

  • Depois de aplicar o adubo para relvado de acordo com as instruções, regue bem o solo para garantir uma boa distribuição dos preciosos nutrientes pelo solo.
  • Se existir bastante musgo e ervas daninhas na relva, primeiro deve escarificar o relvado (embora o melhor seja esperar até aos finais de abril, quando o tempo estiver um pouco mais quente) e depois aplicar uma nutrição de primavera.
  • Um espalhador de fertilizante garante uma distribuição uniforme sobre o relvado.
Imagem ampliada de um relvado infestado de musgo

Lawn fertilising – step by step

Cortar a relva na primavera

Assim que o tempo aquecer e o solo tiver atingido cerca de 10 °C, deverá iniciar o calendário de cuidados do relvado na primavera, cortando a relva pelo menos uma vez por semana, embora recomendemos o corte duas vezes por semana durante os períodos de pico de crescimento. Precisa agora do seu primeiro corte do ano para estimular um crescimento denso. De meados de março a meados de abril é geralmente a melhor altura para dar ao relvado o seu primeiro corte – embora um inverno ameno possa significar que o relvado precisa de ser cortado mais cedo.

Nota: Se tiver fertilizado o seu relvado depois do inverno, espere, pelo menos, uma semana a seguir à fertilização, antes de sacar do corta-relva.

Um corte de limpeza: o primeiro corte de relva na primavera

O relvado de primavera está outra vez em fase em crescimento e o seu espaço verde está seco. O próximo passo nos cuidados do relvado é fazer o primeiro corte, conhecido como corte de limpeza.

  • Certifique-se de que as lâminas do corta-relva foram limpas e afiadas. Isto significa que os rebentos macios da primavera são cortados de forma limpa, sem ficarem danificados a ponto de deixar a relva suscetível a doenças.
  • Pondere qual a altura ideal para a sua relva. A altura de corte ideal situa-se entre os 4 e os 6 cm; em áreas à sombra, como por baixo de arbustos, a altura deve ser de, pelo menos, 5 cm.
  • A regulação central da altura de corte no corta-relva, feita sem esforço, facilita o ajuste da altura de corte de acordo com a sua preferência.
Um corta-relva a bateria STIHL RMA 339 C num relvado parcialmente cortado, com as mãos de uma pessoa no corta-relva para retirar o recolhedor

Faça uma inspeção de inverno ao corta-relva

  • Verifique primeiro o estado geral do corta-relva, tendo o cuidado de não danificar a carcaça, as rodas ou as lâminas.
  • Se as lâminas estiverem rombas, visite o concessionário STIHL para que sejam afiadas e calibradas.
  • No caso de corta-relvas a gasolina, mude o óleo na primavera, se não o tiver feito no final da última estação, a fim de eliminar todos os resíduos de desgaste. Isto irá prolongar a vida útil do motor.
  • Verifique também o filtro de ar do motor a gasolina do seu corta-relva: se estiver sujo ou obstruído, tem de ser substituído.
  • Nos corta-relvas a bateria, verifique o nível da bateria e carregue-a completamente antes de começar com os cuidados do relvado na primavera.

Fertilizar enquanto corta a relva – num único passo

Simplifique a manutenção de relvados cortando e nutrindo de uma só vez com um corta-relva de mulching STIHL ou o robot corta-relva iMOW®. Estes trituram as aparas de relva em pequenas partículas, que são depois distribuídas pelo relvado à medida que trabalha, funcionando como fertilizante verde natural. O azoto nas aparas é mineralizado no solo, mantendo o seu relvado nutrido e feliz.

Uma mulher a utilizar um corta-relva a gasolina STIHL RM 243 T no espaço verde, à frente de uma casa

Mulching do relvado: cortar e fertilizar a relva num único passo

O corte tipo mulch é um método natural para cuidar do relvado. Descubra tudo o que precisa de saber na nossa publicação sobre mulching.

Por que escarificar relva é uma medida importante?

Escarificar é simplesmente o processo de usar uma ferramenta para remover a relva coberta por um manto e o musgo da superfície do relvado, expondo o solo para melhorar o crescimento. Incluir ou não a escarificação no tratamento da relva, depende do estado em que estiver. Para o verificar, passe suavemente um pequeno ancinho de metal pela relva antes de iniciar os cuidados do relvado na primavera: se o ancinho pegar em aparas de relva antigas, ervas daninhas ou musgo, isso poderá indicar que a relva não está a crescer como deveria. Isto é particularmente comum em solos pesados, com pouco oxigénio, e que se alagam facilmente; a sombra também pode ter um impacto negativo na estrutura do seu relvado. Os escarificadores de relva com lâminas fazem um excelente trabalho, ou pode obter resultados semelhantes com mais algum esforço trabalhando cuidadosamente com o ancinho no relvado.

No entanto, recomendamos que só escarifique se o relvado tiver completado a sua fase inicial de crescimento, ou seja, deve ser primeiro fertilizado e aparado uma ou duas vezes.

As vantagens de arejar o solo

É provável que um jardim bem cuidado seja também bem usado, o que pode causar problemas. O tráfego intenso pode fazer com que o solo do relvado fique compactado, levando a uma fraca circulação de oxigénio e nutrientes, e pode até impedir que a água chegue às raízes da relva. A resposta é o arejamento como passo adicional de cuidados do relvado no seu programa de manutenção de primavera.

É importante escolher um dia em que o solo não esteja demasiado seco para que o trabalho seja mais fácil e a sua relva possa recuperar rapidamente: se o tempo não ajudar, prepare o relvado no dia anterior ao arejamento regando-o bem. Recomendamos a utilização de escarificador para realizar o trabalho de forma rápida e consistente, mas pode conseguir o mesmo efeito com um simples ancinho, bastando para isso cravar os dentes cerca de 5 cm no solo em intervalos de 5–10 cm.

Dicas para aplicar cal no relvado

Poderá querer adicionar um passo de aplicação de cal à sua lista de cuidados do relvado na primavera, para ajudar a evitar o musgo e o manto envelhecido no ano seguinte, na medida em ajusta o pH do seu solo. Pode comprar um simples teste para solos para confirmar o seu estado exato. No caso da relva, idealmente deverá ter um valor de pH de 6,0 a 7,0; um valor inferior indica acidez. Adicionar cal ajuda a alcalinizar o solo e a regular o pH a longo prazo, ao mesmo tempo que evita o surgimento de musgo e outras ervas daninhas. Como os solos do relvado tendem a acidificar-se ao longo do tempo, a aplicação de cal anualmente na primavera pode ser um suplemento valioso para os cuidados do relvado até os níveis ficarem equilibrados. Depois disso, a frequência pode ser reduzida para uma aplicação não anual. Corte e escarifique primeiro e, depois de aplicar a cal, deixe a relva repousar durante, pelo menos, uma semana.

Resumo: cuidados do relvado no inverno

  • Remova as folhas e galhos do seu relvado na primavera
  • Exponha a superfície do solo com um ancinho e deixe-a secar
  • Utilize fertilizante especializado para a nutrição do relvado na primavera
  • Espere, pelo menos, uma semana ou duas depois de fertilizar antes de cortar a relva
  • A partir de março, faça o primeiro corte de limpeza
  • É importante cortar a relva regularmente depois do primeiro corte, de preferência todas as semanas
  • Aplique cal e depois escarifique o relvado para ajudar a evitar o desenvolvimento de manto envelhecido intenso e ervas daninhas
  • Areje o solo para melhorar a circulação de ar, nutrientes e água para as raízes do relvado