Como aparar sebes: transforme a sua barreira de privacidade numa parede decorativa viva

Para uma forma bonita: saiba aqui como aparar sebes e que particularidades devem ser observadas relativamente aos ciprestes.

Battery, AK-System, AK, Private users, Private, leisure gardeners, occasional users, Garden , Meadow, Safety glasses, professional, ADVANCE Super Fit, Protective gloves, FUNCTION SensoGrip protective gloves

Quando deve cortar a sua sebe

Não é surpresa que as sebes sejam uma decoração tão popular nos nossos espaços verdes: enquanto barreira de privacidade e, ao mesmo tempo, uma bela parede verde, uma sebe é um excelente extra funcional em qualquer espaço habitável ao ar livre. No entanto, uma sebe requer atenção, aparamento e manutenção regulares para que adquira uma forma forte e densa e o melhor aspeto possível por muitos anos. É útil saber exatamente quando e como deve cortar a sua sebe para obter os melhores resultados possíveis.

A melhor altura para aparar sebes

Para algumas plantas, um corte impiedoso em fevereiro pode ser benéfico, outras só precisam de ser cortadas mais tarde. No caso de plantas com um crescimento particularmente rápido – ou mesmo que pretenda apenas uma sebe realmente impecável – deverá apará-las duas vezes por ano.

Ramos secos são cortados com tesoura STIHL bypass PG 20

Podar e fazer rejuvenescer sebes excessivamente grandes em fevereiro

De meados a fim de fevereiro, antes da formação dos botões, as sebes ainda não estão cheias de seiva, pelo que podem, se necessário, levar um aparamento generoso para manter o seu formato. Além disso, ainda não haverá quaisquer ninhos de aves nos ramos que possa incomodar. Esta é a altura ideal para aparar sebes, tais como buxos, tuias e ciprestes coníferos.

Podar sebes no início do ano estimula um forte crescimento, particularmente nos cárpinos e áceres silvestres. Isso significa que é também uma boa altura para aparar sebes excessivamente grandes, que precisem de uma remodelação ou rejuvenescimento drásticos. Se tiver uma sebe excessivamente grande, é recomendável podá-la primeiro apenas de um dos lados, de forma a que as plantas possam recuperar um pouco, antes de aparar o outro lado no mês de fevereiro seguinte.

Podar sebes de flores depois de florescerem

Para podar sebes de flores, como forsítia, viburno e jasmim, terá de esperar até uma altura mais tardia da primavera, deixando as plantas florir antes de as aparar. Certifique-se de que não perturba qualquer ninho quando o fizer.

Muitas sebes também voltam a florir uma segunda vez no verão. Estas podem ser aparadas novamente depois da florescência no final de junho ou início de julho, se não estiver demasiado quente. Mas lembre-se: este segundo aparamento deve ser ligeiro e apenas para manter a sebe impecável.

Poda no final do verão

Agosto é a altura certa para aparar sebes de faia, ligustro e de folhas perenes; no entanto, tenha cuidado com as coníferas, pois um corte demasiado tarde depois deste mês pode resultar em secções que não voltam a crescer.

Aparamento de sebes no outono

A maioria dos trabalhos de poda deve ser feita nos meses mais quentes. Contudo, algumas sebes, como as de teixo ou de pilriteiro, podem ser podadas no outono. Para evitar danos, trabalhe num dia sem gelo e nublado. Espere até as sebes caducifólias terem perdido toda a folhagem. Antes do início do inverno, as plantas extraem os nutrientes remanescentes das folhas e armazenam-nos nas raízes. Voltarão a aceder a estes nutrientes na primavera.

As condições certas para aparar sebes

Dica n.º 1

Não apare a sua sebe se o tempo estiver demasiado quente ou solarengo. Isto tem uma razão de ser: caso as folhas no interior da sua sebe sejam expostas subitamente à luz solar intensa, o seu tecido dérmico sensível poder sofrer queimaduras.

Dica n.º 2

Um dia com o céu coberto de nuvens é ideal para aparar sebes, especialmente, no verão.

Dica n.º 3

Dado que as temperaturas primaveris ainda podem ser muito baixas , é demasiado cedo para aparar sebes. Qualquer corte que fizer agora demorará muito tempo a sarar, e o frio afetará sobretudo os ramos finos, deixando-os frágeis e fracos.

AKKU-HSA25-E001

Quando devo podar as sebes jovens?

Antes de criar uma sebe, é particularmente importante que apare e pode as plantas para garantir que fiquem fortes, densas e com a forma certa para o seu espaço verde. Nos primeiros 2 a 3 anos, as sebes de arbustos, tais como o ácer silvestre, o cárpino e a faia, têm de ser podadas até um terço nas pontas dos rebentos, logo no início da época de jardinagem, para estimular o crescimento de muitos mais ramos.

As coníferas e árvores de folha perene (como a tuia, o cipreste, o loureiro e o teixo) devem permanecer intocadas durante um ano para poderem crescer devidamente. A partir do segundo ano, apare os rebentos laterais anualmente. Assim que atingirem a altura pretendida, corte o rebento principal.

Com que frequência devo aparar a minha sebe?

Muitos jardineiros amadores fazem os trabalhos de aparamento anuais até ao final de junho, mas, de facto, para a maioria das sebes, é preferível cortá-las à altura e largura pretendidas, entre meados e finais de fevereiro. Depois, no verão, basta podá-las ligeiramente.

Com que frequência é necessário aparar determinadas sebes?

  • Uma vez por ano: teixo, bérberis, louro-cerejo, tuia e cipreste.
  • Duas vezes por ano: ligustro, cárpino, ácer silvestre e faia comum

Sempre que aparar sebes, o seu crescimento é estimulado. O aparamento frequente, mas ligeiro, significa que a sebe ficará mais densa ao longo do tempo – desde que receba água, calor e luz suficientes.

Regra de ouro para o aparamento de sebes

Regra geral, deve aparar a sua sebe cerca de duas vezes por ano, embora uma sebe formal de buxo ou ligustro, por exemplo, tenha de ser aparada três vezes por ano, para obter o melhor efeito possível. Comece com um corte generoso na primavera, em fevereiro ou no início de março: faça um bom aparamento da sebe e dê-lhe a forma pretendida. No verão, se começar a verificar que há um crescimento irregular das folhas, pode usar a podadora para manter a forma da sebe. Os novos rebentos podem ser podados até um terço do seu comprimento, para remover rebentos erráticos.

Imagem ampliada dos dentes de uma podadora de sebes STIHL HS 82 e uma vara cortada

Dicas e técnicas de manutenção de sebes

Manter a sua sebe impecavelmente aparada impulsiona o crescimento e mantém a sebe com um aspeto denso e saudável. Estas dicas irão ajudar a evitar zonas despidas e irregularidades na sebe.

Até que ponto posso deixar crescer a minha sebe? 

A altura permitida para uma sebe depende da sua localização. Em muitos locais, dois metros é a altura máxima. Contacte a sua junta de freguesia local para evitar quaisquer problemas.

AKKU-HSA56-E005

Cortar um cipreste

O cipreste, também designado árvore-da-vida, é uma das plantas para sebes mais populares nos espaços verdes alemães. Não é de estranhar, pois o cipreste tem todas as vantagens: a planta de folha perene é densa durante todo o ano e resistente à geada e ao vento. Como cresce rapidamente, as plantas pequenas também se tornam numa sebe densa pouco tempo depois. Resumimos para si o que deve ter em atenção ao cortar a sua sebe de ciprestes.

Quando deve ser cortada a sebe de ciprestes?

Em princípio, pode cortar os seus ciprestes em qualquer altura do ano. O cipreste só não deve ser mexido em caso de geada, pelo que a melhor altura para o cortar é entre abril e setembro. Durante este período é permitido cortá-lo ligeiramente para lhe dar forma; verifique primeiro se a sebe não tem ninhos. Se cortar o seu cipreste apenas uma vez por ano, é melhor fazê-lo no início do verão, em finais de junho. No caso de o fazer três vezes por ano, os momentos mais indicados são o início de abril, o fim de junho e o fim de agosto. Depois de setembro não deverá voltar a cortar o seu cipreste, pois, caso contrário, os novos rebentos não se desenvolvem e podem ficar danificados.

Voltar a cortar o cipreste

Para que as suas sebes de cipreste não cresçam de forma descontrolada e permaneçam em forma e saudáveis, deve voltar a cortá-las regularmente. Recomendamos que corte os ciprestes, no máximo, três vezes por ano: os ciprestes jovens beneficiam geralmente de dois cortes para que se formem muitos rebentos laterais e a sebe se torne densa rapidamente. Para um cipreste mais velho, basta um corte por ano. Não corte os ramos atrás da parte verde, pois a planta não voltará a brotar ali e ficará castanha em vez disso. Recomendamos um corte trapezoidal no cipreste, mais largo em baixo, mais estreito em cima, para que todos os ramos recebam luz suficiente. Dado que o cipreste é ligeiramente tóxico, deve usar luvas e vestuário comprido durante o trabalho.

Lembre-se de não cortar a sebe de cipreste à chapa do sol, pois os pontos seccionados podem ficar castanhos. Também não deve cortar um cipreste molhado: poderão surgir fungos nos pontos seccionados e danificar a planta.

Tenha em atenção a proibição legal de fazer podas intensas entre março e setembro para proteger as aves que nidificam.

Sebes de ciprestes altas atrás de um muro coberto de plantas

Poda radical de uma sebe de ciprestes

Se o seu cipreste crescer muito para cima, pode fazer uma poda de redução de altura. Caso contrário, não recomendamos uma poda radical no cipreste. Cortá-lo uma a três vezes por ano dá à árvore a forma que deseja e proporciona um crescimento saudável. Se efetuar uma poda radical na sua sebe de ciprestes, arrisca-se a que esta deixe de brota. Na pior das hipóteses, terá de comprar novas plantas.

Duas sebes de ciprestes redondas num parque bem cuidado

Modelar ciprestes

Com a ferramenta certa, pode modelar facilmente o seu cipreste. Com uma ferramenta prática, como a podadora de sebes a bateria STIHL HSA 56, pode modelar o seu cipreste em forma de bola ou espiral num instante. Para manter a forma, retire os rebentos salientes três vezes por ano: início de abril, final de junho (quando o crescimento abranda) e final de agosto.

Podadoras de sebes e podadora de sebes em altura angular

Para o aparamento de sebes ou topiaria isolada, precisa da ferramenta certa – as podadoras de sebes e podadoras de sebes em altura angulares a bateria da STIHL ajudam-no a deixar qualquer sebe ou arbusto em forma. Quer seja um paisagista profissional ou um jardineiro doméstico, encontrará a ferramenta certa para qualquer tarefa na vasta gama de produtos STIHL.

Podadoras de sebes

As nossas podadoras de sebes foram criadas para o uso profissional, pelo que foram concebidas de forma eficaz e construídas para uma longa utilização contínua. Estas mesmas vantagens também se aplicam ao aparamento das sebes no seu espaço verde. As nossas ferramentas demonstram o seu desempenho máximo no aparamento de sebes à altura do peito/das ancas, pois o seu manuseamento fácil permite-lhe trabalhar de um modo muito preciso e até criar formas de topiaria complexas durante o aparamento.

Podadoras de sebes em altura angulares a bateria

Se tiver uma sebe particularmente larga ou alta e precisar de um maior alcance, recomendamos uma podadora de sebes em altura angular a bateria.  Estas estão disponíveis nas versões de haste curta e longa, e são ideais tanto para profissionais de manutenção paisagistas como para utilizadores privados ambiciosos.  

Técnicas para cortar sebes médias com uma podadora de sebes

 Uma sebe verde escura é aparada com uma podadora de sebes a bateria STIHL HSA 56

Para aparar as faces verticais de uma sebe:

Faça movimentos circulares, utilize os dois lados da podadora de sebes para cortar as faces planas da sebe – lembre-se de fazer o corte de forma ligeiramente afilada no topo, especialmente nas sebes altas.

Uma mulher com óculos de proteção a aparar sebes em frente a uma casa grande e clara com uma podadora STIHL HSA 45

Para aparar o topo de uma sebe:

À medida que corta ao longo do topo da sebe, mova a lâmina de corte na horizontal, num ângulo de zero a dez graus. Dica: se fizer movimentos em forma de crescente, as aparas não cairão para cima da sebe.

Técnica para utilizar uma podadora de sebes em altura angular numa sebe alta

Qual é a diferença entre as podadoras de sebes em altura angular e as podadoras de sebes?

Uma mulher com proteção auditiva e óculos de proteção poda uma sebe com uma podadora de sebes a gasolina STIHL HS 46

Podadoras de sebes STIHL

As podadoras de sebes STIHL foram desenvolvidas especificamente para sebes compridas e densas. O duplo gume é ideal para a poda, bem como para o aparamento na horizontal e na vertical.

 Homem em uma escada poda sebes altas com a podadora de sebes a bateria STIHL HLA 85

Podadoras de sebes em altura angulares STIHL

A haste prolongada de uma podadora de sebes em altura angular STIHL permite-lhe aparar sebes particularmente altas, compridas ou largas. A lâmina de corte pode ser rodada até 145°, de forma a poder definir qualquer ângulo com facilidade.

Do aparamento à topiaria

Alguns jardineiros optam pelo aparamento anual para manterem um aspeto impecável, enquanto outros libertam o artista que há dentro de si quando se ocupam dos seus arbustos.

Cortar formas geométricas

Estique fios de uma ponta à outra ou aplique uma moldura de ripas de madeira para ajudar no corte de formas geométricas precisas, mesmo em plantas com tronco alto. Basta rodar a moldura em volta da planta e aparar todos os ramos salientes à medida que vai avançando – é tão simples quanto isto e é possível criar uma grande variedade de designs com este método.

Factos interessantes sobre a modelação de arbustos

O que é a topiaria?

O termo topiaria deriva indiretamente da palavra latina topiarius, que significa espaço verde ornamental, e é atualmente utilizada para designar a modelação de plantas. Uma topiaria consiste simplesmente numa planta que foi modelada com formas complexas. Esta habilidade é amplamente reconhecida como forma de arte.

Quais são as melhores plantas para a topiaria?

Quais são as melhores plantas para a topiaria?

Como modelar uma sebe?

Os "ossos" principais da forma desejada são criados com ramos fortes, que se tornam cada vez mais finos à medida que cada vara se divide. Prenda ramos flexíveis com arame para guiar o seu crescimento na direção certa, a fim de obter a sua forma preferida.

I-STIHL_NATURE_DISTANCE_ITALY-IM-063

Como aparar arbustos, dando-lhes formas criativas

Para aparar arbustos e modelá-los com formas de animais e outras formas criativas, o melhor é utilizar-se uma estrutura de malha de arame. Esta deve ser instalada à volta de todo o arbusto e, em seguida, pode simplesmente cortar os ramos do arbusto que sobressaiam da malha.

  • Vai precisar de tesouras de poda afiadas ou de outra ferramenta com a qual possa cortar com precisão.
  • Pode todas as varas salientes várias vezes por ano para estimular o adensamento da planta.
  • Provavelmente terá de esperar alguns anos, mas o seu projeto acabará por tornar-se numa escultura impressionante no espaço verde.

Resumo: aparar sebes

  • O aparamento de sebes excessivamente grandes deve ser realizado preferencialmente na primavera, pouco antes do início de um novo ciclo de crescimento
  • Para sebes de flores, o corte só deve ser feito depois de terem acabado de florir
  • Se estiver a planear um aparamento ligeiro no verão (março a setembro), certifique-se de que não existem ninhos de aves ou outras criaturas na sebe
  • O tempo ideal para aparar sebes é com temperatura moderada, e sem a incidência de luz solar direta forte
  • Pode as varas novas até um terço do seu comprimento
  • O cipreste deve ser cortado uma a três vezes por ano. Evite podar em caso de geada, sol intenso ou se a sebe estiver molhada. Normalmente, o cipreste não suporta uma poda radical.
  • Utilize uma podadora de sebes para sebes à altura do peito e uma podadora de sebes em altura angular para sebes altas
  • Crie topiarias a partir de arbustos utilizando estruturas artesanais

Mais para jardineiros amadores