Trabalhos de jardinagem de inverno

Muitas atividades das plantas param durante o inverno, mas o seu jardim continua a precisar de cuidados! Orientamo-lo nas tarefas de proteção e preparação do seu jardim durante a época mais fria do ano. Fique com as nossas dicas sobre jardinagem de inverno.

a formal garden designed with clipped box hedging and a bay tree lawns stone walls and paths covered in snow

Trabalhos de jardinagem de inverno: preparação para o inverno

À medida que as temperaturas descem, o jardim faz a sua pausa de inverno – mas isso não significa que não haja trabalhos que tenham de ser feitos. As plantas em vasos devem ser levadas para o interior ou protegidas antes das primeiras geadas rigorosas. Esteja atento à neve, que traz vantagens e desvantagens: o seu manto pode proteger os legumes de inverno e os arbustos das devastadoras geadas em noites de céu limpo, mas a neve espessa é muito pesada e pode partir e danificar o que está a crescer no seu jardim. Apesar de as perenes como o bambu, o louro-cerejo e a tuia não terem problemas com um pouco de neve, as acumulações mais pesadas devem ser sacudidas ou varridas. Os lagos e as estufas também devem ser mantidos sem neve.

Corta-relva a gasolina STIHL RM 448 TC e outras máquinas de jardinagem bem arrumados numa garagem durante o inverno

Trabalhos de jardinagem de inverno: guardar as máquinas e ferramentas

Recomendamos o armazenamento cuidadoso no inverno de máquinas e ferramentas que não sejam utilizadas durante os meses de inverno. Faça uma inspeção rápida ao robot corta-relva, às motosserras e às podadoras de sebes e limpe-os antes de os guardar de forma segura e correta. As ferramentas são uma parte importante do seu jardim e merecem também um cuidado especial durante o inverno.

Se tiver um sistema de abastecimento de água no jardim, o melhor é colocá-lo na sua lista de trabalhos iniciais de jardinagem de inverno: corte o abastecimento de água à torneira a partir de casa e deixe correr até ao esvaziamento completo. Assim, não irá restar água, que poderia congelar e rachar o tubo. Esvazie também a mangueira de jardim e guarde-a juntamente com os regadores ao abrigo da geada.

Esta é uma boa altura para retirar as suas casas de pássaros, remover ninhos velhos e limpá-los com água a ferver. Não é invulgar que os pássaros se juntem nestas caixas para se aquecerem no inverno, por isso, livre-as das pragas e torne-as acolhedoras.

Quando houver geada no chão, recomendamos que evite andar sobre a relva para as suas atividades de jardinagem de inverno. Dado que as folhas contêm muita água, podem ceder facilmente ao seu peso depois de congeladas. Isto irá ter o aspeto de um caminho lamacento no inverno e depois de pegadas amarelas quando o tempo aquecer.

As folhas caídas oferecem um isolamento natural de inverno

Uma excelente dica para o seu jardim de inverno é tirar partido das folhas de outono no solo. Proporcionam uma excelente camada protetora sobre canteiros e por baixo de arbustos, mantendo a terra húmida e protegida da geada. As plantas sensíveis e jovens beneficiam particularmente de uma camada protetora de folhas ao longo do inverno e, debaixo dos arbustos, pode até manter as folhas numa camada espessa com uma profundidade superior a 5 cm. Para evitar que o vento as volte a soprar para o jardim, espalhe terra sobre as folhas, se necessário. Este truque será muito útil para as plantas de jardim durante o inverno.

Variedades perenes mas à prova de gelo, tais como tomilho e lavanda, beneficiam de uma leve cobertura de aparas de falso-abeto ou abeto, que protege da transpiração e da secagem. Se tiver rosas no seu jardim, lembre-se de que a união de enxertia mesmo abaixo do solo é vulnerável; empilhe alguma terra ou coloque aparas de falso-abeto para a proteger.

Battery, AK-System, AK, Cordless blower BGA 57, Private users, Private, leisure gardeners, occasional users, Garden , Meadow, Safety glasses, professional, ADVANCE Super Fit

Preparação do jardim para o inverno: remover as folhas do relvado

O relvado quase não recebe ar se estiver coberto durante o inverno, mas pode desenvolver fungos, o que significa mais trabalho no futuro. Em vez do árduo trabalho com um ancinho, sugerimos que opte por passar com o corta-relva por cima das folhas caídas antes da primeira geada – ao fazê-lo, o seu recolhedor de relva enche-se com uma mistura de aparas de relva e folhas. Isto faz um excelente composto ou pode ser usado como mulch. Tenha em conta que as folhas de carvalho têm um elevado teor de ácido tânico e não se decompõem rapidamente. Apesar de poder não as querer adicionar ao seu composto, podem ser usadas como mulch à volta dos rododendros. 

Pode espalhar folhagem sobre canteiros e por baixo dos arbustos com um ancinho, apesar de um soprador de mão tornar o trabalho ainda mais fácil. Por altura do início da época de jardinagem do ano seguinte, ter-se-ão decomposto na sua maioria e o que restar pode ir para a compostagem.

Todos os legumes colhidos e guardados antes do inverno devem ser verificados regularmente no local onde foram armazenados. Retire quanto antes os legumes podres ou com bolor antes que o problema se alastre toda a colheita. O mesmo se aplica aos legumes que foram colhidos no inverno. Os legumes guardados ficam bonitos e firmes até à primavera se os cobrir com um pouco de areia sempre que retirar algum.

Para os restantes trabalhos de jardinagem no inverno, criámos um guia mês a mês. Desta forma será mais fácil cuidar do seu jardim no inverno. 

Algumas plantas resistentes ao frio que florescem no inverno. Opções perfeitas para um jardim de inverno.

  • Viburno fragrante (viburno x viburnum de inverno Dawn): em invernos suaves, a partir de novembro
  • Hamamélis (espécie hamamélis): de janeiro a março, antes de surgirem as folhas
  • Jasmim-de-inverno (jasminum nudiflorum): De dezembro a fevereiro
  • Rosa de Natal do Oriente (helleborus orientalis): Fevereiro até ao final de março
  • Rosa de Natal (helleborus niger): dependendo do tempo, floresce de dezembro até ao fim de fevereiro.
  • Ciclame-da-Pérsia (cyclamen coum): De fevereiro a abril
  • Campainhas-brancas (galanthus nivalis): Janeiro e fevereiro
  • Heléboro de inverno (eranthis hyemalis): Fevereiro e março
  • Cerejeira de inverno (prunus subhirtella autumnalis): Janeiro a abril e, em invernos suaves, a partir de novembro
  • Urze-de-inverno (erica carnea): De fevereiro a abril
  • Maónia de inverno (maónia x uva-do-oregon): Janeiro a março
I-WINTER_GARTENTIPPS-IM-001

Imagem ampliada de campainhas-brancas – exemplo de flores de jardim de inverno

Desde que o tempo seja ameno e não seja esperada nenhuma geada, as espécies de vaso robustas, como os oleandros e agapantos dão-se bem no exterior. Deve retardar o mais possível a mudança destas plantas para o interior durante o inverno, uma vez que um habitat de inverno demasiado quente e escuro é stressante para elas. As variedades mediterrânicas adaptam-se logo a temperaturas de cerca de 0 °C, ao passo que os robustos oleandros e as oliveiras podem mesmo suportar temperaturas de até -4 °C. Como tal, estas plantas conseguem sobreviver geralmente à primeira geada no exterior se forem mantidas perto de casa e cobertas com um pano ou uma película de bolhas.

Normalmente, volta a aquecer depois da primeira geada, muitas vezes até dezembro e, nesse caso, não há motivo para preocupações. Mas esteja sempre atento às previsões meteorológicas: se estiver para chegar um novo período de frio ou se esse período de frio seja prolongado, chegou o momento de mudar os seus vasos para um local abrigado, para proteger as suas plantas de jardim de inverno.

A seleção dos seus canteiros de rosas é outro trabalho de jardinagem de dezembro: aplique-lhes uma camada de terra ou mulch de casca de árvores. As coníferas, os buxos, o bambu, o louro-cerejo e outras plantas lenhosas são inerentemente robustas, mas se as estiver a cultivar em vasos, precisam de ser protegidas no inverno para evitar que sequem, bem como do congelamento e descongelamento prolongados, que podem danificar as raízes. Para isso, coloque os recipientes sobre blocos de esferovite e embrulhe-os em juta, serapilheira ou película de bolhas. Não se esqueça de lhes dar água nos dias sem geada. Afinal, as perenes continuam a transpirar no inverno, mas o solo não mantém o fornecimento de água quando há geada.

Não pode as varas murchas de forma demasiado radical. Apesar de se partirem muitas vezes no inverno, formam uma cobertura de proteção útil e solta sobre os canteiros de flores, além de oferecerem abrigo a muitos insetos. As exceções à regra são os lírios-de-um-dia, as margaridas, os gerânios, as hostas e os mantos de senhora, já que as suas folhas suaves apodrecem facilmente. Corte-as alguns centímetros acima do nível do solo.

A erva-das-pampas é uma escolha popular para o jardim que, infelizmente, sofre bastante com a humidade do inverno. Junte as suas longas folhas em cima ate-as como uma tenda. Isto irá manter o centro da planta protegido da humidade no inverno.

Mulch de madeira a ser espalhado pelo chão à volta das plantas – exemplo de mulching no inverno

Dica para a jardinagem de dezembro: proteger os canteiros de legumes no inverno

Agora pode semear os legumes de inverno no seu jardim, mas eles agradecem se lhes puser uma camada protetora. As folhas caídas são ótimas para isso, tal como acima descrito.

A jardinagem de inverno pode ainda incluir colheitas. Alho-francês, couve e muitos outros legumes toleram a geada e fornecem vitaminas frescas, mesmo no inverno. Algumas variedades de legumes, como os espinafres e os canónigos, apreciam uma cobertura de tecido não-tecido para os proteger da geada durante a noite.

Algumas variedades, como as couves-de-bruxelas e alho-francês, podem permanecer no canteiro onde as semeou no outono. Embora o alho-francês se mantenha fresco na terra, temos uma dica para facilitar a colheita ao longo da estação: mude o seu alho-francês em crescimento para um local cómodo. Para isso, espere por um dia sem geada o retire os caules do alho-francês com os respetivos torrões e, de seguida, coloque-os dentro de alguma terra numa caixa grande ou num balde com orifícios de drenagem. Coloque-os num local protegido perto de uma parede e poderá colhê-los junto à porta das traseiras! Também resumimos como pode preparar os restantes canteiros para o inverno.

Trabalhos de jardinagem de inverno: cuidar das árvores de fruto

Em particular, as árvores de fruto jovens correm o risco de rachar a parte inferior do tronco no inverno devido às mudanças de temperatura. Estes pontos de rachamento ficam muito suscetíveis a doenças e fungos.

Imagem ampliada de um tronco de árvore de fruto a ser pintado com cal – jardinagem de inverno

Para evitar que isso aconteça, cubra a parte inferior do tronco com cal branca. Esta irá refletir a luz do sol e minimizar a variação de temperatura. Como a árvore fica menos quente durante o dia, a casca também não se irá rachar devido às mudanças significativas de temperatura nas noites frias de inverno.

As folhas devem ser retiradas de debaixo das árvores de fruto, o mais tardar até dezembro, tal como as "múmias de fruta", frutos murchos que ainda estão na árvore. Esporos de fungos persistentes e muitas outras pragas hibernam em folhas e frutos velhos e podem começar imediatamente a espalhar-se quando o inverno termina. Para este trabalho de jardinagem, solte os frutos mortos com uma cana ou utilize um apanhador de fruta, depois elimine-os no lixo doméstico ou no contentor de recolha de resíduos orgânicos – não os coloque no monte de composto, pois os esporos podem ser extremamente persistentes e infetar o composto. Isto também se aplica a frutos caídos, folhas caídas e restos da sua colheita de legumes. Eliminar os riscos de infeção é uma boa forma de evitar ter de tomar medidas mais drásticas para proteger as plantas no futuro.

Trabalhos de jardinagem de inverno: o que fazer em janeiro

Não há muito para fazer na jardinagem de janeiro. Aproveite para descansar. Não obstante, esteja atento à neve: se ela se acumular em plantas delicadas, estas podem partir-se facilmente sob o seu peso, por isso, varra-a antes de esta assentar demasiado nas folhas. As perenes e as plantas com rebentos finos e ramificados são locais propensos à acumulação de neve e estão particularmente em risco.

Trabalhos de jardinagem de inverno em Janeiro: poda de rejuvenescimento e estacas para propagação vegetativa

As plantas podem estar adormecidas em janeiro, mas isso não significa que não haja nada que possa fazer para cuidar delas. 

Ramos de madeira a serem cortados com a tesoura de poda universal STIHL PG 20 - cuidar do jardim no inverno

Agora é uma ótima altura para cortar e remover madeira antiga, o que promove flores novas e fruta melhor: os arbustos que tenham crescido demasiado densos podem ser tratados com a serra em dias sem gelo. 

Os arbustos de fruto macio improdutivos, como os dos cassis e das groselhas, com rebentos com musgo, ou os arbustos de floração ornamentais murchos, podem ser rejuvenescidos conforme necessário: um corte radical dá-lhes uma nova vida. Pode podá-los até 10 cm acima do chão.

A nossa dica: Antes de uma poda radical para rejuvenescer uma planta, amarre-a toda em cima com uma corda. Isto para ter um conjunto bonito e arrumado para eliminar quando terminar.

Para a maioria das plantas, pode retirar imediatamente pedaços dos rebentos do ano anterior da espessura de um lápis para propagação vegetativa como estacas de talão. Cada estaca deve ter aproximadamente o mesmo comprimento da tesoura de poda e ter um botão (olho) em cima e em baixo. Insira as estacas de talão acabadas de cortar uma a uma na areia ou, se tiver terra de jardim leve, diretamente num canteiro meio à sombra. Ao cortar, deve ter sempre atenção ao sentido do crescimento, pois os rebentos não crescem se forem plantados ao contrário. Quando vir o rebento do botão, sabe que a estaca ganhou raiz.

Trabalhos de jardinagem de inverno: cuidados dos lagos

Os talões compridos dos bunhos e de muitas outras plantas palustres morrem por completo no outono, devendo ser alvo de uma poda radical mesmo antes de começarem a rebentar outra vez, o mais tardar, na primavera. Muitas vezes crescem muito longe da margem, pelo que pode não ser tão fácil cortá-los. Se puder esperar até que o seu lago congelado esteja suficientemente sólido para suportar o seu peso, poderá fazer o trabalho facilmente com um corta-relva ou uma tesoura de poda em janeiro.

Se tem plantas subaquáticas, certifique-se de que retira a neve do lago no inverno para que elas tenham a luz de que precisam para viver. Varra a neve ou sopre-a da superfície congelada com um soprador. Se tiver peixes, precisa de aberturas no gelo para permitir a troca gasosa – mas não se limite a abrir um buraco! Fazer isso pode causar um choque mortal para os peixes e para outros animais. Pode comprar produtos de prevenção de gelo especiais para utilizar no inverno ou fazer uma abordagem de bricolage: coloque uma panela de cozinha sobre a superfície congelada, encha-a com água a ferver e espere que se forme um furo no gelo. Se não quiser ter de tratar do gelo, estão disponíveis bombas para lagos para tratar das trocas gasosas.

I-WINTER_GARTENTIPPS-IM-003

Trabalhos de jardinagem de inverno: o que fazer em fevereiro

Fevereiro antecipa a iminência dos meses mais quentes, e a sua jardinagem irá incluir os cuidados das árvores de fruto, por exemplo. Também é uma boa altura para remover as folhas doentes e mortas das rosas de Natal e desbastar os canteiros. No essencial, este mês destina-se a preparar as plantas para a chegada da primavera.

Trabalhos de jardinagem de inverno em fevereiro: começar a tratar das plântulas e da batata nova

Para ganhar vantagem para as colheitas do jardim, as sementes de tomates e de outras variedades de germinação mais lenta podem ser lançadas no interior no início de fevereiro. Um lugar luminoso ou luzes de crescimento artificiais permitem que os rebentos novos comecem a sua vida da melhor forma, para que, quando tiver de as plantar na estufa ou no jardim, a partir de meados de maio, as plântulas estejam fortes.

Se encontrar sementes mais velhas e não tiver a certeza se valerá a pena aproveitá-las, pode fazer um teste de germinação no inverno: basta colocar algumas sementes numa toalha de cozinha húmida e deixá-las germinar. Se nada acontecer ou se menos de metade germinar, já não podem ser utilizadas. Contudo, se germinarem, pode semear o resto do pacote dentro de algumas semanas.

Uma mão com uma luva preta sem dedos segura numa batata nova

Outra dica de jardinagem para o final do inverno: chegou a altura de começar a tratar da batata nova. Pode deixá-las grelar ou fazê-las germinar previamente num local luminoso para as preparar para a plantação no jardim. Contudo, veja se tem a variedade certa de batatas, pois só as batatas novas genuínas devem ser deixadas grelar assim no cedo.

A vantagem da pré-germinação das batatas novas é o facto de crescerem para se tornarem plantas fortes que lidam bem com as temperaturas ainda baixas do solo uma vez colocadas no solo em abril, continuando a crescer com todo o entusiasmo. O rendimento das batatas novas pré-germinadas é até 20% maior do que o das plantadas diretamente.

As batatas de semente podem ser tratadas com inibidor de germinação que pode ser removido por meio de tratamento térmico: coloque as batatas em caixas de ovos, meio enterradas em terra para vasos com os olhos virados para cima e regule-as para 20 °C. Caso se formem grelos verde-escuros, as batatas precisam de muita luz, mas de temperaturas mais baixas, à volta dos 10 °C; caso contrário, os grelos ficam longos e muito finos. Quando os grelos tiverem uns bons 3 cm de comprimento, os tubérculos devem ser mantidos a uma temperatura ainda mais baixa para os enrijar para o jardim, com o intuito de os plantar a partir de abril. Depois da pré-germinação no início do ano, são mais 6 a 8 semanas antes de serem colocadas no solo.

Trabalhos de jardinagem de inverno em fevereiro: aparamento das árvores de fruto

Quando as folhas caírem das árvores, é uma boa altura para desbastar a copa. Este é um trabalho muito mais fácil no inverno, porque permite ter uma visão clara dos ramos. Recomendamos a poda no final do inverno, mas sempre durante um período sem geada, uma vez que os novos locais de corte são suscetíveis a danos. Se cortar as árvores de fruto nesta altura do ano, irá ter muitos rebentos novos e saudáveis quando os dias ficarem mais longos – especialmente se as árvores no seu jardim conseguiram armazenar as suas reservas internas de forma ideal na estação anterior. Mais para o final do ano, só deve desbastar as copas e remover os eventuais ramos ladrão e rebentos de raiz; não se fie no ditado antigo de jardinagem que diz que deve conseguir atirar o chapéu através da copa, pois isso tem um significado meramente figurativo. Saiba mais no nosso guia detalhado para a poda de árvores de fruto.

Resumo: trabalhos de jardinagem no inverno

  • Prepare o jardim para o inverno a partir de outubro
  • As plantas mediterrânicas e outras plantas que não resistam à geada devem ser protegidas antes da primeira geada
  • Em dezembro, deverá dedicar o seu tempo de jardinagem sobretudo a preparar-se para a época mais fria do ano, cobrindo e protegendo as plantas. Em janeiro, mantenha as plantas protegidas da neve evitando danos causados pelo peso das acumulações
  • A partir de fevereiro, o parapeito torna-se um viveiro para as sementes ou as batatas novas começarem a germinar