Como criar um jardim pequeno: dicas para pouco espaço

Quanto mais variado for o seu pequeno jardim, mais atrativo será, além de parecer maior. Dicas, truques e ideias para jardins pequenos.

Jardim pequeno com deck, mobiliário de jardim e floreiras à frente, e relvado com pequenas árvores e arbustos atrás.

Vista geral: Criar jardins pequenos

  • Um jardim pequeno parece maior quando estruturado espacialmente e em perspetiva com a ajuda de eixos visuais, tais como caminhos curvos, plantas e esculturas.

  • Ao conceber jardins pequenos, é essencial escolher as cores certas, como a combinação de branco, azul e rosa ou amarelo.

  • Integre jardins vizinhos na criação do seu próprio jardim e ganhe mais espaço.

  • Menos é mais: evite contrastes fortes e misturas heterogéneas ao criar um jardim pequeno.

  • Máquinas pequenas, práticas e manobráveis, como uma podadora de sebes a bateria ou uma aparadora, são ideais para o jardim pequeno.

Criar um jardim pequeno: bem planeado é meio concebido

Ao planear e desenhar um jardim pequeno, o principal é aproveitar ao máximo o espaço e ampliá-lo visualmente. Pois não precisamos de muito espaço para criar um design elegante: a divisão adequada e a escolha das plantas e das cores têm um impacto significativo no aspeto.

Jardins pequenos – grande efeito

Não importa que o seu jardim seja quadrado, retangular, oval ou redondo – existem soluções que se adaptam a qualquer forma. A extensão de um jardim é, por isso, um elemento secundário. É mais a arte de estruturar espacialmente e em perspetiva que alarga visualmente um jardim pequeno.

Pergunte primeiro como quer tirar partido do seu jardim. Quer um oásis de sossego ou uma horta? Quer integrar uma área para as crianças brincarem ou sonha com um jardim romântico ↓ com vários locais para se sentar?

Estruturação de um jardim pequeno

Torne o seu pequeno jardim num espaço de diversidade e atração, de forma a não se ver imediatamente o que se esconde atrás de uma sebe de meia-altura ou de plantas perenes altas. Mesmo as superfícies verdes pequenas parecem mais abertas e atraentes quando não são óbvias para o visitante à primeira vista. O utilizador deve poder explorar um jardim pequeno.

Os jardins retangulares parecem geralmente mais pequenos, pelo que é aconselhável criar aqui áreas redondas ou ovais, áreas relvadas e lugares para sentar. Isto dá a impressão de serem maiores e não é possível ver imediatamente onde terminam.

Jardins pequenos com áreas relvadas à frente e, atrás, plantas como lavanda, arbustos e uma vedação de madeira alta.

Criar áreas individuais e oásis: esta pode ser um área de estar coberta ou delimitada, uma área de descontração com uma espreguiçadeira de jardim, um canteiro de legumes ou um espaço para as crianças brincarem. Separada por gramíneas altas, uma sebe pequena, um muro a meia-altura, uma grade de suporte ou um canteiro de plantas perenes.

Paredes e vedações tapadas com arbustos como divisores de espaço criam uma sensação de vastidão, uma vez que não revelam imediatamente o que está escondido por detrás deles. Isto também se aplica a plantas perenes a meia-altura, que crescem em península no jardim.

Ao criar um jardim pequeno, também a barreira visual é muito importante.  Plante vários arbustos a espaços – parcialmente, não em toda a volta – uma sebe contínua dá rapidamente uma sensação de sufoco. Por isso, muitas vezes, as sebes mistas são a melhor escolha para jardins pequenos.

Como criar um jardim pequeno: alguns efeitos de ampliação

Interroga-se como pode fazer com que o seu jardim pequeno pareça maior? Como ganhar estrutura e criar destaques? Aqui estão algumas dicas:

Jardim afundado num jardim pequeno com pedras de pavimento e mobiliário de jardim à frente.

Um jardim afundado cria alturas diferentes

Ao criar vários níveis no jardim pequeno, está a acrescentar entusiasmo e variedade.

Sempre que possível, crie um jardim afundado Trata-se de um recorte maioritariamente quadrado ou retangular dentro do seu jardim, alguns degraus abaixo. É emoldurado por pedra natural e no seu centro está um pequeno lago, um lugar para sentar ou um canteiro florido. 

As diferentes alturas de um jardim afundado criam um espaço e uma vastidão que favorecem muito os jardins pequenos. E o talude proporciona ainda mais espaço para plantar a superfície do jardim. 

Uma alternativa ao jardim afundado: áreas preenchidas com muros de pedra seca. Criam declives que geram entusiasmo e conferem estrutura aos jardins pequenos.

Conceção de jardim pequeno com uma área relvada à frente, cheia de plantas perenes, com vista para o jardim adjacente.

Criar jardins pequenos: integrar o terreno adjacente

Inclua os jardins adjacentes, deixando eixos visuais e vistas para belas árvores. O seu canteiro pode fazer a transição suave para a sebe do seu vizinho.  

Escolha plantas perenes semelhantes à do seu vizinho para que a transição entre os dois jardins não se note. Integra assim os jardins adjacentes na conceção do seu próprio jardim e ganha mais vastidão.

Os limites entre o seu jardim e o do vizinho esbatem-se com plantas de folha persistente, como o teixo ou o buxo. 

A nossa dica: um bom terço das plantas num jardim pequeno deve ser de folha persistente, o que também confere diversidade no inverno. 

Os caminhos no jardim criam um efeito de profundidade

Também pode criar um caminho num jardim pequeno. Deixe-o ficar mais estreito atrás para que pareça mais longo. Coloque um arco grande e bonito ou uma espaldeira no início – retira foco ao tamanho e transmite a impressão de vastidão. E coloque algo apelativo no final de um caminho: esculturas, um arbusto florido solitário, um canto para se sentar ou um pequeno lago.

Caminho curvo de pedra delimitado por plantas atapetantes, arbustos e sebes e, ao fundo, uma área relvada e árvores.

Nos jardins estreitos e compridos, deve criar sempre caminhos sinuosos e não retilíneos. Podem acompanhar plantas perenes, podem também ser partes de sebe a subdividir a superfície comprida. Se o jardim for mais largo e curto, deve enfatizar o eixo longitudinal, por exemplo, através de caminhos que se desenvolvam na diagonal ou curvilíneos perpendiculares à casa.

Atenha-se a um material, como madeira ou pedra, para evitar um efeito perturbador. Um terraço ou um caminho de pedra não deve ter mais de dois tipos de pedra.

Plantas para jardins pequenos: quais são as mais adequadas?

Aqui algumas inspirações de plantas para jardins pequenos:

Que cores para os jardins pequenos?

Algumas dicas sobre como usar cores especificamente em jardins pequenos: 

Imagem ampliada: hortênsia azul-lilás

O azul cria a sensação de vastidão; os tons azuis conferem profundidade ao jardim. Para fazer o seu jardim pequeno parecer maior, transplante plantas azuis ou canteiros para a parte de trás se não houver um jardim vizinho adjacente. Desta forma, o fim do terreno funde-se com o horizonte e o seu jardim parece mais vasto.

Num jardim pequeno, área relvada curva e acidentada à frente a delimitar um canteiro de plantas com arbustos e flores.

A combinação branco, azul, rosa nunca tem como falhar. Tal como a floração branca e tudo o que é claro, porque os tons claros e frescos são notados à distância.

Imagem ampliada: Girassol perene com floração amarelo-clara

O amarelo tem um efeito acolhedor e anima os cantos escuros. No entanto, o melhor é limitá-lo a pequenos apontamentos, caso contrário o seu jardim parecerá mais pequeno.

Menos é mais: evite contrastes fortes e misturas de cores, pois isso tem um efeito perturbador e dá a aparência de um jardim mais pequeno.

Também se deve prescindir da aplicação extensa de cores de sinalização e escuras. Elas fazem os jardins pequenos parecerem ainda mais pequenos. O vermelho, em particular, impõe-se e domina perante as restantes cores.

Inspirações e ideias para jardins pequenos

Com base em exemplos para diferentes estilos e tipos, mostramos como pode criar um jardim pequeno bonito. Deixe-se inspirar. 

Jardim pequeno romântico: as plantas indicadas neste caso são as transbordantes rosas brancas e em tom rosa delicado, as grades de suporte e os arcos de rosas ornamentados, que introduzem os caminhos. Distribua vários vasos individuais com plantas para criar o seu pequeno jardim romântico. Não podem ser muitos de uma vez para não dar a impressão de o espaço ser mais pequeno.

Criar um jardim pequeno moderno: para quem gosta de coisas mais simples, as linhas e as formas claras e geométricas e os tons quentes de madeira acrescentam elegância a um jardim pequeno moderno. Com a utilização de elementos de estilo feitos de material nobre, lugares para sentar numa camada de cascalho ou um deck de madeira, expande-se a área interior e cria-se uma segunda sala de estar ao ar livre. Isto funciona muito bem se estiver a criar um jardim e a casa com o mesmo estilo. Um lugar redondo para sentar faz o espaço parecer maior.

Luz ambiente num jardim pequeno: diversas luzes pequenas criam ilhas de ambiente luminosas e a iluminação acentuada de uma planta ou de um caminho cria eixos visuais adicionais. As lâmpadas solares ao longo dos canteiros acumulam energia solar durante o dia, brilham à noite e criam estrutura visual e ordem. As luminárias ou os candeeiros de madeira também irradiam uma luz particularmente quente – como muitas peças de mobiliário de madeira, pode facilmente construí-las você mesmo. 

Criar uma horta pequena: se planeia criar um jardim de ervas aromáticas ou um horto, o melhor é ter vários canteiros elevados simétricos, pois isso confere mais textura ao jardim pequeno. Um canteiro elevado é excelente para jardins pequenos, mesmo para substituir um canteiro "verdadeiro", além de ser um elemento de design popular nos jardins modernos.

O marulhar de uma fonte ou cascata ou de um minilago com uma fonte não tem apenas um efeito calmante e relaxante. Uma vez que o céu e o espaço circundante se refletem na superfície, geram um efeito de ampliação. Também aqui, pode jogar com a altura, criando um minilago num barril, por mais pequeno que seja o jardim. Um curso de água no jardim pequeno é também uma boa ideia, mas só é útil em declives. E se criar um bebedouro para animais no jardim pequeno, está ainda a disponibilizar água a criaturas grandes e pequenas.

Flores perenes lilás num jardim, ao fundo uma cabana de verão com toldo

Planear e criar um jardim

Criar um jardim requer um planeamento cuidadoso. Os vários tipos de jardim e de plantas têm necessidades diferentes em qualquer altura do ano. Descubra nos nossos guias práticos o que deve ter em conta ser for ou quiser vir a ser um jardineiro amador.

Máquinas para jardins pequenos

Para criar jardins pequenos, as máquinas a bateria são especialmente adequadas. Não têm fios e são silenciosas, o que não só é sustentável, como também não afeta os ouvidos de pessoas e animais. Os modelos elétricos também funcionam de forma silenciosa e amiga do ambiente. As máquinas para jardins pequenos devem ser práticas, pequenas, leves e ágeis.

Uma mulher com equipamentos de proteção escarifica uma área relvada pequena com um arejador de relva STIHL RLA 240.

Escarificadores STIHL para áreas pequenas

Os arejadores de relva STIHL são fáceis de direcionar devido à sua leveza e às rodas fáceis de manobrar.  São confortáveis e fáceis de mover graças ao prático guiador rebatível e à pega na dianteira. O arejador de relva a bateria escarifica ou corta áreas relvadas mais pequenas no jardim pequeno, sem fios, é manobrável e eficiente, especialmente em áreas relvadas anguladas.  Tal como o arejador de relva elétrico , remove musgo e camadas de ervas mortas em jardins pequenos de forma particularmente silenciosa e ecológica.

RLA 240
RLA 240ESCARIFICADORES / AREJADORES DE RELVA
Máquina individual sem bateria e sem carregador
Em stock
269,00 €Unidade 269,00 €
Uma mulher de óculos de proteção e luvas de trabalho apara uma borda do relvado com a aparadora a bateria STIHL FSA 45.

Aparadoras STIHL para áreas pequenas

Desde o leve modelo de entrada na gama para proprietários de jardins pequenos até à potente motorroçadora elétrica para jardins pequenos, estas aparadoras STIHL são ideais para manter o jardim pequeno no seu melhor com a ajuda de trabalhos de aparamento, limpeza e desbaste.  São muito adequados para aparar bordas do relvado e para limpar árvores, caminhos e escadas, bem como para cortar pequenas áreas de crescimento desenfreado em jardins pequenos.

FSA 45
FSA 45, Aparador (Bateria integrada)APARADORES DE RELVA / MOTORROÇADORAS / FOICES A MOTOR
Bateria em iões de lítio integrada com indicador de carga
Em stock
139,00 €
FSA 57
FSA 57, Bateria AK 10, Carregador AL 101APARADORES DE RELVA / MOTORROÇADORAS / FOICES A MOTOR
Kit com bateria AK 10 e carregador standard AL 101
Em stock
289,00 €